segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Lavagem cerebral

Por coincidência já falei sobre este assunto com duas pessoas nos últimos dias, e resolvi expor a seguinte teoria.

Às vezes é preciso ouvir uma coisa para que ela faça sentido na nossa cabeça (mesmo que na realidade não tenha sentido nenhum). No fundo funciona como uma espécie de lavagem cerebral. Tipo aqueles assassinos programados cuja sede de sangue é despoletada pelo ouvir de determinada palavra. Às vezes podemos até já ter tido essa ideia, em pensamento, mas o facto de a dizermos em voz alta, ou de a ouvirmos na boca de alguém, torna tudo diferente. Para o bem e para o mal. E nem é preciso ouvir muitas vezes. Basta uma vez, para que ocorra uma espécie de curto-circuito no nosso cérebro e o Tico e o Teco entrem numa espécie de psicose.

Só assim de repente consigo lembrar-me de vários episódios que comprovam esta teoria. Infelizmente a grande maioria deles acabou por originar reacções irracionais e desfechos mais ou menos catastróficos.

É assim o poder das palavras...

2 comentários:

Regy disse...

hmm...vou fazer esse exercicio...acho que há coisas que eu preciso mesmo de ouvir!! :D

Vera disse...

LOL! Então experimenta e depois diz-me o resultado ;)