sexta-feira, 30 de julho de 2010

O cromo da écharpe

A "minha" praia este ano tem perdido qualidades... Já nem falo no facto de estar numa fase em que não me apetece ir sozinha, e em que o ter ou não companhia tornou-se o factor mais importante na decisão. A banda sonora está terrivelmente terrível. Até os petit gateaux andam demasiado cozidos e o sumo de morango insuficientemente doce e fresco... Ultimamente tem havido assaltos a carros na entrada da praia... E então não é que agora também começou a ser mal frequentada?

A primeira vez que reparámos no "cromo da écharpe" estava ele a meter conversa com um grupo de jovens espanholas. A partir daí têm sido sucessivos episódios deprimentes. Amigos, aqui vai uma série de dicas para que não cheguem aos 40-50 anos a fazer figuras tristes... as mulheres (ou pelo menos, aquelas que valem a pena), não apreciam estas coisas num homem...

1 - Não usem lenços como toalha de praia... uma mulher pode fazer isso... mas a um homem dá-lhe  um ar de pseudo-metrossexual bichona. Homem que é homem, usa toalha!

2 - Se estiverem num grupo de gajos, não falem alto para chamar as atenções, e muito menos se for através de palavrões ou de conversas do género "ah, ontem comi aquela gaja muita boa da discoteca". Isso é admissível apenas em voz baixa, no círculo de amigos (e não se esqueçam que eles reconhecem melhor que ninguém essa conversa do pescador que se vangloria do peixe que não pescou), ou quando não está qualquer mulher presente (sim, porque para a espécie Cromus écharpis qualquer ser humano com 2 cromossomas X, é uma potencial presa). Melhor, não tenham esse tipo de conversas e atitudes em frente aos filhos (sub-10) dos amigos... os homens já são poucos, por isso não destruam uma nova geração com esses "ensinamentos".

3 -Não façam telefonemas a percorrer a vossa lista de contactos à espera que alguma das vossas "amigas" ceda por cansaço. Essa coisa do "Então e hoje, não? E amanhã, não? E depois de amanhã?" é muito degradante... Ah, e correm o risco de quem vê de fora poder pensar que, ou estão com o telemóvel desligado (e nesse caso, tirem o som das chamadas, não vão receber alguma durante a farsa...), ou estão a ligar para o voice mail...

4 - Sempre que passa uma mulher por vocês, não rodem a cabeça. Se querem olhar, aproveitem a subtileza que os óculos escuros vos oferecem (sim, qualquer Cromus echarpis que se preze tem um acessório imprescindível: óculos de sol, com lentes escuras ou espelhadas)

5- Quando têm 10 anos (ou são trolhas), até podem tentar meter conversa com raparigas a mandar bocas como se estivessem a meter-se na conversa delas. Podem tentar... mas não resulta!

6 - Cometendo este tipo de erros só poderão ter sucesso em 3 situações: com o mulherio "Cheliano" (sem desprimor para as eventuais residentes com classe) habituado a este tipo de educação e tratamento; com o mulherio interesseiro, se tiverem a carteira bem recheada; com todo o mulherio se forem... o Brad Pitt (nem que seja só pra uma dentadinha... lolol). 

Aiai... onde andam os homens com classe? Viraram todos para o outro lado?

9 comentários:

Ursinho de peluche disse...

Olá! Tenho pena que existam homens assim, mas confesso que vejo muitas mulheres a gostar disso. Tenho pena, mas a vida é mesmo assim. Para mim, são tristes figuras que pensam que as mulheres são estúpidas e que, aquele tipo de conversas serão suficientes para vos levar para a toca do Lobo. Eu conheço alguns espécimes assim, basta ver nos ginásios por onde andei (há seres mais perto dos símios do que outros). Depois quem leva na cabeça? Homens que são pessoas decentes. Tudo deixa marca. Mas acredito que vocês, mulheres, também alimentam este tipo de comportamento. No entanto, fico feliz por conhecer muitas que agem de maneira correcta. Assim é que é.

Ana Margarida disse...

Cromus écharpis! Adorei Vera!
Não acho que existam muitas mulheres a gostar e alimentar este tipo de comportamento… A prova é que a criatura está sempre sozinha (aquela mulher com o braço ao peito aposto que tentou a fuga… lol). Mas pronto… Há sempre um chinelo velho para um pé doente!
Posso estar errada, mas não é fácil um homem destes conseguir uma mulher decente. É mais provável uma mulher fútil mas com um bom aproveitamento dos seus dotes físicos (vá… a chamada “loira burra”, que não é de todo necessariamente loira) conseguir um homem decente. Isso sim é triste! :P

Conclusão… queremos o controlo da taxa de bazófia na praia!
Estamos tramadas! :P

Ana Margarida disse...

"Sorry is the fool who trades his soul for a corvette
Thinks he'll get the girl, he'll only get the mechanic
What's missing? He's living a day he'll soon forget..."

Isto lembrou-me a "Soon Forget" dos PJ.

Ursinho de peluche disse...

Muito bom Ana.
Atenção que quanto à basófia, a praia já tem que chegue. Daí, eu e o Stp irmos em dias diferentes... :P
Beijinhos

Ana Margarida disse...

ahahaha! Sim, é verdade! Ostentação de sinais exteriores de riqueza por meio de poses com taças de gelado... hehe Bom, o STP então... por onde começar? Sozinho dá conta da taxa diária! ;) Ainda dava direito a uma foto no FB com a legenda "Elas gostam!" hehe (Espero não estar a dar ideias :P)
Beijinhos!

Vera disse...

Essa do chinelo velho não conhecia... mas algo me diz que vou passar a usa-la em muitas situações... lol

E sim, Ana, não dês ideias ao Galins... senão ainda mete um video a dançar o Waka Waka! (por falar em video... onde anda aquela famosa gravação do crepe? lolo)

Ana Margarida disse...

Essa do chinelo velho é uma expressão genial! Também a uso imenso... ;P
O video tá no meu telem... Ainda não o passei para o pc e o meu acesso à net agora é bastante limitado :s Depois dou-vos quando voltar para Lisboa :D

james disse...

Caneco... vou ter de deixar de ir de pareo para a praia! :-)

Vera disse...

lololol! Não te esqueças de tb deixar em casa o fio de ouro! :P