terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Animais

No outro dia num programa de televisão, falavam de um canil de abate que está a abarrotar de animais abandonados e, tal como o nome indica, terá de os abater a curto prazo. O que mais me chocou foi saber como é que os animais lá vão parar. São os próprios donos que os levam, e pagam uma taxa para os deixar lá... taxa essa que serve para pagar o medicamento que irá matar aquele que um dia, e durante anos, foi o seu amigo de 4 patas! E mesmo depois de isso lhes ser explicado, não se demovem da sua decisão de condenar à morte um animal que já não lhes interessa. Porque cresceu e aquele carinho inicial por um bebé desapareceu, depois da euforia irreflectida de levar para casa um animal sem ter condições para o ter, sem pensar que vai crescer, vai perder pêlo, vai trazer despesas (às vezes bem elevadas), e vai obrigar a dispender tempo com ele.

Não consigo compreender como as pessoas são capazes de fazer uma coisa dessas. Capazes de tamanha falta de sentimento. É o acto mais egoista que se pode ter. Mas o que se pode esperar quando as pessoas agem exactamente da mesma maneira quando decidem ter um filho porque querem (porque ninguém pede para nascer) apesar de não terem as mínimas condições (emocionais, económicas, sociais) para o ter. A única diferença é que ainda não há hoteis de abate para crianças. Mas muitas vezes o abandono é semelhante. Dá muito trabalho educar uma criança e criá-la com amor, mas temos sempre as Playstations para os entreter. No caso dos animais, quando começam a dar muito trabalho, é mais fácil abandoná-los, pois do ponto de vista social ninguém é condenado por isso.

Há animais ditos racionais que, esses sim, deviam ser abatidos.

5 comentários:

Patrícia disse...

Concordo. Em absoluto.
E essa é a razão pela qual eu não tenho lá em casa nem cão nem gato: não tenho tempo/casa para isso.
Mas todos os dias em que olho pela janela vejo o desgraçado de um cão num quintal. Em 3 anos nunca vi ninguem fazer-lhe uma festa.

Vera disse...

Pois, tendo em conta os estragos na minha casa... muita gente já se tinha visto livre das minhas pestinhas...

Coitadinho desse cão... Os donos é que deviam passar o inverno no quintal. :(

Ursinho de peluche disse...

Macaco Nu....

Sílvia disse...

Olá, alguém sabe como denunciar situações de maus-tratos a animais que vivem, por ex., num apartamento (neste caso, que estão o tempo todo fechados numa varanda)?A SPA não me respondeu...Ass: Sílvia mendesmtb@gmail.com

Vera disse...

Sílvia, poderás fazê-lo para este número 808200520, ou preencher o formulário neste site: http://www.gnr.pt/portal/internet/sepna/12.denuncias/form_sepna.asp