terça-feira, 31 de julho de 2012

Inevitabilidade

Existem coisas que são, de facto, inevitáveis. Meras questões de tempo, o que não faz necessariamente com que estejamos preparados para quando elas se tornam reais. 

Há males que vêm por bem, é verdade, mas parece que essa certeza futurista não é suficiente para controlar o frio e a fraqueza que se instalam na alma naquele momento em que o inevitável se torna certo. 

É quase uma profecia irónica. Uma piada do destino... piada de muito mau gosto. 

All I ever wanted, is the only thing I never had..

2 comentários:

sofia disse...

Podia escrever aqui um rio de palavras depois de ler este post mas nenhuma delas traria alegria, consolo, tranquilidade ou sequer novidade.
O melhor que temos a fazer é (se isso estiver ao nosso alcance)sair de cena assim que um triste desfecho nos surge como inevitável. Porque raramente (talvez nunca) esta sensação se revela falsa.

Ursinho de peluche disse...

Clap clap clap, para a Sofia! Vai por ela, que ela é que sabe! :)