terça-feira, 3 de abril de 2007

Duh!

Agora que caminho a passos largos para os 30, espero, um dia mais tarde, não vir a cometer o mesmo erro que muitos "cotas" insistem em cometer. Há certas palavras usadas pelas gerações mais jovens que, para evitar que se caia no ridículo, deviam estar interditas a certas faixas etárias mais velhas. Excepto, claro, se os que as utilizam, saibam o significado das mesmas! E agora que o "bué" e afins até vêm no dicionário, já não há desculpa.

O caso mais recente, mais na moda e mais flagrante dos últimos tempos é o "duh". Todos os dias se ouvem uns quantos "duh"... uns bem utilizados outros nem por isso... Sim, para quem ainda não percebeu, o "duh" quer dizer qualquer coisa (duh!). Não é uma mera interjeição que se usa só para tentar mostrar que estamos dentro das últimas novidades linguísticas e que até não somos tão velhos como parecemos.

Umas vezes dá vontade de rir (pela patetice), mas torna-se irritante quando o erro é cometido sucessivamente pela mesma pessoa. É mesmo caso para dizer: "se não sabe, então é melhor estar caladinho". A todos os que pertencem a esse grupo, aqui deixo, com todo o respeito, um grande "DUH!"

2 comentários:

Cheila disse...

Bom, não poderia deixar passar incólume (não sei o que significa esta palavra, mas sei que os "Gato Fedorento" utilizam e tem sucesso, portanto... continuando :P)este teu texto que coloca na cena do palco "O" vocábulo desta década. Aproveito para partilhar convosco, pessoal ausente do mundo da aviação - porque esses já tiveram o prazer de ouvir esta bela história - um episódio passado a bordo de um dos aviões da TAP. Era uma vez uma menina com os seus 21 aninhos, acabadinha de ser "largada" para o ar, que se depara com um distinto (ex)-senhor do mundo da política, habituado a viajar em classe executiva (quando era o estado a pagar) que se lhe dirige com um ar muito snob e o seu casaco no punho "ordenando-a" que pendure o mesmo... Ora a menina, com os ensinamentos do seu instrutor ainda bem fresquinhos simplesmente respondeu: "DUH isto é classe económica!!!!!!". Bom, é claro que esta proeza lhe valeu uma suspensão, no entanto, é inegável que esta menina sabe bem QUANDO e COMO utilizar a palavra!

GI BRGDS Cheila Coutinho
(opá tinha saudades!!!!!)

Vasco Ribeiro disse...

DUH, não faz parte do meu vocabulário e penso que qualquer que seja a sua utilização é muito má. Agora, a palavra tornada interjeição (DASS!) é muito mais apelativa e é sempre bem utilizada.

SI Viva o DPE.
GI BRGDS VASCO RIBEIRO