domingo, 8 de fevereiro de 2009

O desporto rei

Já tinha ido ver vários jogos de futebol, mas ainda não tinha "estreado" nenhum dos estádios do Euro 2004. Ainda sou do tempo em que se apanhava chuva na moleirinha... (realmente, isto agora é outro nível). É sempre engraçado o ambiente que se vive lá dentro... os treinadores de bancada... os palavrões alto e bom som... a euforia do golo... O problema é que, inevitavelmente, há sempre quem não fique satisfeito com o resultado.

Não sou adepta de nenhum clube. Simpatizo de vez em quando com alguns. E isto porque vejo as coisas de uma maneira que pouca gente vê. Imaginem o seguinte: a vossa banda musical favorita muda de vocalista. Na minha opinião, transforma-se numa outra banda, mesmo mantendo o nome e, como tal, apesar de ter sido a minha favorita não significa que continue obrigatoriamente a ser, pois o som passa a ser completamente diferente. Ora com o futebol passa-se exactamente o mesmo. Porque é que hei-de ser do Benfica até morrer, mesmo se em determinada época é evidente que a equipa não sabe jogar, enquanto que a do Porto faz uma "dança" fabulosa em campo?

O bonito do futebol é ver um bom jogo. O problema é que, sendo um desporto, a competição inerente não deixa ver as coisas dessa maneira. É aquele sentimento intrínseco que nos acompanha desde criança... o sentimento "Toma toma!! Nhã nhã nhã nhã nhããã nhããããã!". Nem que a equipa tenha jogado mal mas tenha tido sorte, o que interessa é ganhar... caso contrário, haverá represálias e actos de vandalismo... Num dia a dia às vezes tão cinzento, o que vai animando o povinho são estes momentos... e assim se justifica os ordenados dos jogadores...

Ainda bem que ninguém pensa como eu... caso contrário as equipas tinham de jogar mesmo muito bem para que o estádio enchesse... e isso dava muito trabalho.

6 comentários:

António disse...

Viva! Estive a pensar e cheguei a conclusão que um jogo de futebol em Portugal, deve ser dos poucos serviços de entretenimento onde os espectadores pagam (e bem) para verem, à partida, aquilo que já sabem ir ser um mau espectaculo! Será que todos os adeptos são masoquistas? No fim do jogo deviam pedir o livro de reclamações!

Patrícia disse...

:) Pois é Vera. Com gente como eu o futebol também não se safava. É que apesar de gostar de um jogo de futebol (de preferencia num café com um grupo de amigos) nunca entrei num estádio de futebol para ver um jogo.
Sou Sportinguista desde pequena (há quem diga que apenas para ser do contra), e não conheço os futebolistas o suficiente para mudar de clube quando eles o fazem.... :)
Ptto, saudações leoninas e beijinhos :)

james disse...

Deixar de ser do Benfica é algo impensável... E passar a ser do Porto ainda mais!!!

Oh meu Deus! Tu não te percas! Olha para a Luz...

Existe um personagem, do já mítico programa "Liga dos últimos", que te aconselho a conhecer...nem mais nem menos que o Wally! (tcharam...) Ele diz que devia ser o Benfica em Lisboa e o Sporting no Porto! E o FC Porto? Ia cavar...

Vera disse...

LOL! Oh James... não me digas que tb és daqueles que chega a casa e bate na mulher sempre q o Benfica perde... :P

Juíz disse...

este texto e´uma heresia

Vera disse...

LOLOL. Tb és do Benfica? :P