sábado, 10 de abril de 2010

Tomatada

Ora aqui está o meu almoço de hoje... uma das minhas especialidades (que mesmo assim fica a anos luz da minha mãe). Sim, o aspecto não é dos melhores (continuo a compara-lo com um qualquer vomitado). Ok, os tomates não estavam no melhor grau de amadurecimento, e as batatas eram congeladas. Mas mesmo assim soube que nem ginjas. O problema é que demorou apenas 5 minutos para desaparecer do prato... depois de uma hora inteira na cozinha...

É por estas e por outras que eu prefiro fazer doces... pelo menos sempre duram mais... ou não! lol

7 comentários:

Patrícia disse...

Não desistas... e se precisares de cobaias para a próxima vez que decidires fazer a tomatada (sim, que tens que superar a tua mãe) nós estamos sempre às ordens.... o que queremosé ajudar :)
beijocas

Ursinho de peluche disse...

Duas palavras, No-jento. :p

james disse...

Realmente o problema da culinária é passarmos tanto tempo a preparar e depois a destruição é... rápida!

Vera disse...

Pat, será o menu do próximo jantar cá em casa... ;)

Ursinho... tens é inveja! :P

james, é mesmo por isso que é raro apanharem-me na cozinha... demasiado frustrante. lol

Ursinho de peluche disse...

Gordinha... inveja???... isso é nojento... Gosto mais de bifes de atum... :P

Alexis disse...

Mas quando as coisas saem bem e saborosas...compensam o tempo passado na cozinha...além disso... não tem porque ser um suplicio... :) pode ser no mínimo divertido :)

Vera disse...

Falou o chef... :P Pois eu divirto-me mais a comer o que os outros cozinharam para mim! lolol. Por falar nisso.. a partir da próxima semana exijo ter o prazer de degustar uma refeiçãozita gourmet cá em casa. E não, não sou eu que irei cozinhar (percebeste a indirecta? :P) lolo.