sábado, 15 de maio de 2010

Quem é vivo, sempre aparece!

Realmente, há coisas do arco da velha... 

Isto faz-me lembrar aquela vez em que fui de férias para Alcoutim e o meu cágado (onde andará ele agora...) desapareceu no 1º dia, e só regressou a "casa" quando estavamos de partida, já a pensarmos que o tinhamos perdido para sempre...

Há 3 meses que perdi uma moeda misteriosamente (sim, porque é, no mínimo, estranho perder, sem reparar, uma coisa que levamos na mão!). Esse facto descambou numa dívida, num atraso e numa viagem com o verdadeiro dilúvio a abater-se sobre mim. Eis senão quando, ontem, já depois do carro ter sido visto, revisto e aspirado, ela aparece a espreitar debaixo do tapete...

Não adianta procurarmos algo desesperadamente... ele só aparece quando bem entender... e quando menos esperamos!

4 comentários:

Ursinho de peluche disse...

Esse moeda tem um M. Será que dá desconto no Mac? :P

james disse...

"...Não adianta procurarmos algo desesperadamente... ele só aparece quando bem entender... e quando menos esperamos!"

E geralmente quando já não é necessário!

Vera disse...

Ursinho, bem, nunca tinha visto um M... mas, Freud explicaria isso... tens de fazer uma desintoxicação de Mac :P

james, muitas vezes... mas noutras nunca é tarde :)

lynce disse...

O cágado optou por também ele ir de férias, nada de especial.
:))